Slow travel / Minimalismo / Nomadismo – O encontro

Por
A relação entre nomadismo, minimalismo e slow travel

Muita gente já conhece o conceito dessas três palavras, mas muitos ainda não.

Neste post mostro o conceito de slow travel, minimalismo e nomadismo digital. Por fim , qual relação essas palavras, ou estilo de vida, tem em comum.

1) SLOW TRAVEL

Slow travel : Filosofia que diferencia turistas de viajantes. Mas o que quer dizer isso?

Algumas pessoas viajam procurando conhecer o maior numero de cidades ou países em um curto espaço de tempo, dano prioridade aos locais turísticos mais conhecidos, locais que um amigo recomendou ou Trip Advisor classificou com 5 estrelas. Esses são os turistas. Agora, os que preferem conhecer bem a fundo uma cidade ou um país por um certo período, sem se preocupar muito com tempo e aproveitar ao máximo o que um local tem a oferecer, esses pertencem à filosofia slow travel (viajantes).

Slow travel segue a filosofia slow food criada na Itália, a qual foi de encontro à corrente fast food. A proposta era apreciar aromas, sabores, a preparação, o ato de sentar à mesa sem pressa. O slow food portanto, prega que você viaje sem pressa, conhecendo bem um local e mergulhar o tanto possível na cultura local.

O movimento prega também que, para você mergulhar na cultura local da viagem, não fique em hotel, mas sim apartamento onde você pode ir ao mercado, fazer suas compras, arriscar cozinhar um prato local e também economizar bastante na hora de comer.

Para ler mais sobre slow travel, veja aqui

2) MINIMALISMO

O conceito de minimalismo se refere a movimentos artísticos, culturais e científicos que percorreram vários momentos do século XX e preocuparam-se em fazer uso de poucos elementos fundamentais como base de expressão.

Engana-se e quem acha o minimalismo é vender ou jogar tudo fora . Não é isso. É viver com o que você tem, dando propósito e objetivo. O nomadismo exige o exercício do desapego a todas essas coisas que não tem propósito nem objetivos. E não se refere apenas a coisas materiais.

Além disso, o minimalismo tem a ver com o valor de estabelecer nossas prioridades vitais, eliminando aquilo com o que não vibramos ou que não ressoa com nosso ser interior genuíno.

Veja algumas dicas de minimalismo aqui

3) NOMADISMO DIGITAL

Nomadsimo digital é a possibilidade que alguém tem de trabalhar em qualquer local usando apenas internet, ou fazendo trabalhos temporários e freelances podendo assim ,viajar pelo seu estado, país ou exterior.

Veja mais sobre nomadismo digital aqui

4) MINIMALISMO / SLOW TRAVEL E NOMADISMO – O ENCONTRO

Quando você se torna um nômade digital e abandona o estilo de vida “normal”, várias outras coisas você pratica ao longo do caminho, como por exemplo, o desapego. Sim. o desapego. Muita coisa material não tem mais sentido você ter ou juntar na sua vida, Sua vida fica mais prática, pois você provavelmente não fará mais parte da “segura” CLT e terá que economizar em várias áreas para que seu projeto de vida dê certo. Então, o minimalismo está presente em boa parte da jornada ou filosofia de vida nômade.

Todo, ou a maioria dos nômades quando decide viajar para um local, não vive a vida de turista, mas sim de um local. Não raro encontrar um nômade digital numa feira local, cozinhando em casa e, obviamente, passando longe de hotéis, pois além dos preços exorbitantes, não faz parte do nômade viver a vida de turista. Seja por 2 semanas, 4 , 3 meses ou um ano. O que vale para o nômade não é o turismo, mas sim viver a pleno e conhecer a cultura do local onde está vivendo. Então, slow travel e minimalismo mais uma vez ligados à vida nômade.

Assuntos relacionados que você também poderá gostar:

7 ETAPAS PARA TORNAR-SE UM NÔMADE DIGITAL

SINAIS DE QUE VOCÊ PODE SER UM NÔMADE DIGITAL

TUDO SOBRE TRABALHO REMOTO

Gostou do post? Compartilhe nas redes!

.

Sem comentários ainda

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code