Como iniciar no estilo de vida minimalista

Por
Primeiros passos no minimalismo

Neste post veremos sobre o que é o minimalismo e dicas de como iniciar.

INTRODUÇÃO

Você já ouviu falar sobre a vida minimalista, mas não tem certeza do que isso significa ou quais os benefícios que pode oferecer a você? Você não está sozinho. O conceito de vida minimalista não é novo, mas é uma ideia que recentemente ganhou mais impulso à medida que um número crescente de pessoas reconhece como suas vidas podem ser melhores quando mudam para um estilo de vida minimalista.

O ritmo de vida hoje em dia nunca é acelerado e nunca parece diminuir. Muitos de nós sentimos que somos bombardeados por todos os lados com demandas urgentes e pressões difíceis de resistir. “Mais” é a palavra da moda do momento. Quanto mais temos de tudo, mais satisfeitos devemos estar. Mais posses deveriam significar mais felicidade – pelo menos é isso que estamos
condicionados a acreditar. Mas isso é verdade?

Nós que adotamos o estilo de vida minimalista, discordamos da opinião acima. Ao adotar uma abordagem mais simples para todos os aspectos da vida, dos relacionamentos ao local de trabalho, torna-se possível estreitar seu foco e se concentrar no que realmente importa. Como resultado, você pode desfrutar de mais felicidade, mais satisfação e ainda mais sucesso em todas as áreas, sem toda a desordem física, mental e emocional que parece aumentar com o tempo.

COMO É A VIDA MINIMALISTA

Antes de responder, vamos lembrar o fato de que a vida minimalista não é nada novo. É algo que já existe há muito tempo. Monges e freiras de séculos atrás escolheram viver apenas com o essencial absoluto em suas vidas para que pudessem se concentrar em sua fé e se tornarem mais próximos de um
poder supremo. Eles descobriram que, ao evitar os luxos do dia-a-dia, poderiam desenvolver uma compreensão maior de si mesmos e de suas crenças.

Vivemos em um mundo em que o segredo para uma vida feliz é possuir mais e ter mais de tudo; mais dinheiro, mais sucesso e etc…

No entanto, aqueles de nós que buscam acumular um fluxo interminável de posses geralmente aprendem com o tempo que a promessa de felicidade que os anunciantes balançam diante de nós não poderia ser mais falsa. O verdadeiro segredo para encontrar felicidade e paz é pensar em termos de subtração e não de adição. Menos é mais quando se trata de encontrar satisfação na vida e paz de espírito.

Em sua essência, o minimalismo trata de viver com menos. Embora isso possa ser interpretado literalmente como menos posses, tem implicações de maior alcance para a maneira como você vive sua vida. O conceito por trás de uma vida minimalista é aprender a identificar as coisas que são importantes e, em seguida, focar nessas coisas enquanto erradica tudo mais que é considerado sem importância de sua vida.

OS MAL ENTENDIDOS SOBRE O MINIMALISMO

Como você pode imaginar, há muitos mal-entendidos sobre o que realmente significa uma vida minimalista. Muitas pessoas pensam que isso significa que você não pode ter uma casa ou um carro. Outros pensam que você está restrito a ter apenas quantos pertences caber em uma pequena mochila ou bolsa.

Nada disso é verdade. Na verdade, o minimalismo poderia ser mais bem descrito como promover intencionalmente qualquer coisa que você mais valoriza, enquanto remove qualquer coisa que não agregue valor à sua vida. É um conceito que ressoa de forma diferente em cada indivíduo. Enquanto para alguns isso pode significar um grande grau de eliminação, para outros pode ser muito menos extremo, mas não menos benéfico.

Se você não participa do estilo de vida minimalista, mas quer conhecer mais e até ver se esse estilo serve para você, coloco aqui dois livros essenciais para você ler e os quais me ajudaram muito na decisão e abriram meu olhos para várias coisas. Você poderá usar esses livros para várias áreas da sua vida. Tanto pessoal quanto profissional. Veja abaixo:

LIVROS PARA INICIAÇÃO

1) ESSENCIALISMO

O ESSENCIALISTA NÃO FAZ MAIS COISAS EM MENOS TEMPO – ELE FAZ APENAS AS COISAS CERTAS.

Se você se sente sobrecarregado e ao mesmo tempo subutilizado, ocupado, mas pouco produtivo, e se o seu tempo parece servir apenas aos interesses dos outros, você precisa conhecer o essencialismo.

O essencialismo é mais do que uma estratégia de gestão de tempo ou uma técnica de produtividade. Trata-se de um método para identificar o que é vital e eliminar todo o resto, para que possamos dar a maior contribuição possível àquilo que realmente importa.

Quando tentamos fazer tudo e ter tudo, realizamos concessões que nos afastam da nossa meta. Se não decidimos onde devemos concentrar nosso tempo e nossa energia, outras pessoas – chefes, colegas, clientes e até a família – decidem por nós, e logo perdemos de vista tudo o que é significativo.

Neste livro, Greg McKeown mostra que, para equilibrar trabalho e vida pessoal, não basta recusar solicitações aleatoriamente: é preciso eliminar o que não é essencial e se livrar de desperdícios de tempo. Devemos aprender a reduzir, simplificar e manter o foco em nossos objetivos.

2) A ÚNICA COISA

Ocupado demais para ler um livro?Tudo bem, não há nada de errado em se dedicar a seu trabalho, a sua família, a seu futuro. A questão é: você está focado no que é realmente importante? Você dedica, hoje, a maior parte de seu tempo a alguma coisa, uma ÚNICA coisa, que sintetize seus sonhos, seus desejos, suas aspirações?Os resultados que você obtém são diretamente influenciados pelas escolhas que faz. Alcance resultados extraordinários em todas as áreas de sua vida. Acabe com a desordem de sua rotina, siga e mantenha-se firme em direção a sua meta. Torne-se um mestre no que realmente importa para você.Focando em sua ÚNICA coisa, é possível alcançar mais, fazendo menos.Qual é a sua única coisa?

Veja a ligação minimalismo / slow travel / nomadismo digital

SLOW TRAVEL/ MINIIMALISMO / NOMADISMO

Gostou do post? Compartilhe!

Sem comentários ainda

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code