3 bairros para ficar em Curitiba

Por
3 bairros em Curitiba para conhecer

Curitiba, a capital do estado do Paraná, deu um boom no início dos anos 90.

Inicialmente conhecida como uma das cidades mais frias do Brasil, pelo planejamento urbano e pela famosa Santa Felicidade. Bairro italiano e conhecido pelos seus inúmeros restaurantes.

A Cidade, a partir dos anos 90, viu uma transformação drástica no seu ritmo, população, cultura e coisas a oferecer. Alguns dizem que tal mudança foi para melhor, outros dizem, para pior.

Curitiba saiu da sua cara “cidade grande com cara de interior”, para “cidade grande já grande”.. :).

Bairros se adaptaram, reinventaram, criaram coisas para a leva de pessoas que estavam procurando a cidade como sua base / lar.

Coloco aqui 3 bairros para você que vem à cidade a passeio, trabalho ou até pensando em morar, ter uma ideia da cidade.

1) CENTRO

Controvérsias e opiniões à parte, acho que o centro da cidade oferece o que poucos centros das capitais brasileiras oferecem. É limpo (comparado a outras capitais brasileiras), não é frequentado à noite basicamente por trombadinhas, drogados e outros, pois o centro em Curitiba tem vida como eventos culturais e espaços gastronômicos como o Vila Urbana e Patio Faivre. Locais que traduzem a alma curitibana, sua história e modo de vida como: Bar Stuart, Ostra Bêbada, as Feiras Temáticas / Gastronômicas da Praça Osório, a tradicional Confeitaria das Famílias. Inúmeros restaurantes, museus e cafés em especial o Café do Paço. Você poderá fazer compras no Mercado Municipal Também.

Se você procura uma experiência mais slow travel, veja apartamentos por temporada na região aqui.

Paço da Liberdade

2) SAO FRANCISCO:

Bairro ao lado do centro, sempre conhecido pelos seus bares no Largo da Ordem, nas últimas décadas, virando uma micro Cidade Baixa (Porto Alegre) e Vila Madalena / Pinheiros (São Paulo). A área mais alternativa da cidade (pero no mucho), traz inúmeros bares. Um deles bem tradicional. O Bar do Alemão, centros culturais, a tão famosa Feira do Largo da Ordem, o Museu Paranaense, o Cine Passeio, o Passeio Público reformado, sem prostituição e com uma ótima feira de orgânicos aos sábados.

Se você procura uma experiência mais slow travel, veja apartamentos por temporada na região aqui.

3) MERCÊS

Outro bairro central na cidade, Mercês recebeu este nome por conta da religiosidade de seus moradores. Em latim, a palavra pode ser entendida como “graça” ou “proteção”. Um dos principais símbolos da região é a Igreja das Mercês, concluída em 1929, alguns anos após a chegada de frades capuchinhos italianos ao bairro. Além disso você pode visitar a Torre Panorâmica , a Praça 29 de Março, a qual conta a história da cidade em painéis de Poty Lazarotto, além de ter uma feira livre nos finais de semana. No bairro também você poderá visitar o Museu da Vida, o qual tem objetivo de disseminar informações e reflexões relacionados à saúde, nutrição, educação e cidadania por meio de exposições e ações educativas. Para comer, o bairro traz um restaurante tradicional, o Tortuga, o qual serve 20 tipos diferentes de filé.

Se você procura uma experiência mais slow travel, veja apartamentos por temporada na região aqui.

Foto: Paranashop

Outros posts de Curitiba que você pode gostar:

FALANDO DE CINEMA, LITERATURA E ARTE EM CURITIBA

5 LOCAIS LEGAIS PELO CENTRO DE CURITIBA

MERCADO MUNICIPAL DE CURITIBA

Gostou do post? Compartilhe com amigos.

Sem comentários ainda

O que você acha?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code