10 Coisas Sensacionais para Fazer no “Bixiga”, Belooooo…

Fundado em 1º de outubro de 1878, o bairro do Bixiga – um dos mais tradicionais de São Paulo – tem uma importância histórica e cultural muito ampla para a capital paulista.
Localizado na região do Centro, desde a rua Major Diogo até as Avenidas Nove de Julho e Brigadeiro Luís Antônio.

O bairro foi formado por imigrantes italianos recém-chegados ao Brasil e seus moradores cultivam até hoje suas origens, principal motivo pelo qual ganhou fama.

Apresenta uma diversidade inacreditável e isso se deve ao fato de ser um dos bairros mais boêmios e, ao mesmo tempo, mais religiosos da capital. Suas cantinas, feiras e tudo o que envolve seu lado mais tradicional, fazem deste um dos bairros mais icônicos da cidade.

O QUE VER/FAZER

1. Aos domingos, a Feira de Antiguidades do Bixiga, nas ruas do bairro desde 1982, conta com cerca de 300 barracas que reúnem os mais diversos artigos, desde móveis, livros, LPs e obras de arte a roupas e jóias em um espaço reservado para brechós.

2. O bairro possui algumas construções históricas que merecem destaque, como a Escadaria do Bixiga, que dá acesso ao Museu do Óculos e ao Museu Memória do Bixiga, que conta a história dos imigrantes italianos na região, na parte alta do bairro (Rua dos Ingleses).

3. Falando em coisas alternativas, temos o Shopping das Artes, na rua 13 de Maio, em frente à feira. O Shopping possui 40 lojas com quadros, brechós, artigos vintage, decoração e um café.

4. Os antiquários no entorno da praça

5. As cantinas ao longo da Rua 13 de Maio.

Com 73 anos de existência (22 anos com o nome atual), mistura a modernidade de sua fachada com uma decoração típica do sul da Itália; o Villa Tavola funciona 24h e possui dez ambientes principais.

A Cantina Capuano é considerada o mais antigo restaurante da capital em atividade (desde 1907)

A Cantina Roperto. Um preço mais em conta e portanto sempre lotada.

A Cantina Mamma Celeste. Porções fartas e sem exagero na decoração.

6. Visitar o Centro de Memória do Bixiga

Criada no Bairro do Bixiga em 1978 por Walter Taverna, a SODEPRO- Sociedade em Defesa e Progresso da Bela Vista – É uma sociedade sem fins lucrativos que luta pela preservação do patrimônio histórico arquitetônico, cultural do bairro da Bela Vista – Bixiga. É responsável pelas festas comunitárias: Bolo do Aniversário da Cidade de São Paulo, Maior Sanduíche e Pizza do mundo, Recuperação e uso da Casa de Dona Yayá, Concurso da Miss do Bixiga, entre outros. Presidida por Sr. Walter Taverna, batalhador pela memória de suas origens. Atualmente tem sua sede no Centro de Memória do Bixiga.”

7. Comprar pão de calabresa, tomar café, comer bolo no pote e olhar o movimento da Rua 13 de Maio na Padaria Camões.

7. Visitar a Paróquia Nossa Senhora Achiropita

Falando do lado religioso, o bairro é lar de uma das maiores e mais tradicionais festas da capital: a Festa de Nossa Senhora Achiropita, comemorada desde 1926 durante os fins de semana do mês de agosto, em homenagem à padroeira do bairro. Para essa festividade, são espalhadas dezenas de barracas pelas ruas, oferecendo aos visitantes pratos típicos italianos e toda a renda é revertida para obras sociais da Paróquia Nossa Senhora Achiropita. Estima-se que cerca de 200 mil pessoas passem por lá nos fins de semana da festa. Destaca-se também a procissão em louvor à padroeira.

8. Sobre o aspecto cultural do bairro, podemos frequentar o Teatro Oficina, Teatro Ruth Escobar, Teatro Sérgio Cardoso e Teatro Brasileiro de Comédia.

9. Caminhar ao longo da Rua 13 de Maio , apreciar a arquitetura estilo Italiana e prestar atenção às pessoas falando com sotaque peculiar do local, né beloooo!!

10. Visitar a panificadora mais tradicional de São Paulo. A Italianinha. Leia o  post exclusivo sobre ela clicando aqui 

LINKS

Gosta de São Paulo? Veja outras coisas legais para fazer pela cidade.

6 museus para ir gratuitamente em SP
Conheça o bairro Santa Cecília em São Paulo
Vila Itororó – Local único em SP
5 restaurantes cinquentões ou mais da Cidade de São Paulo

LIVROS

Conheça mais São Paulo pelos livros. Clique nas imagens.

PASSEIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

+ 1 = 11

error: Oops. Conteúdo protegido !!
Rolar para cima
Rolar para cima