Viagem autêntica – O que é e onde encontrar

Por

Viagem autêntica o que é

Viajantes de todas idades e recursos estão procurando experiências mais envolventes e bem perto do real, seja por dias, semanas ou meses.

Adicionar um título 2 - Viagem autêntica - O que é e onde encontrar

Os viajantes querem mais do que o tipo de turismo fabricado que não parece real ou até diminui a narrativa cultural de um lugar. Em vez disso, eles estão procurando maneiras de experimentar ao máximo um novo local, criando uma conexão real – uma conexão genuína, local e autêntica.

O que é autenticidade?

De acordo com o site “significados”, quer dizer: “Quando algo tem autenticidade significa que é autêntico, ou seja, não passou por processos de mutações ou reproduções indevidas. A autenticidade é a natureza daquilo que é real e genuíno.”

Em falando de viagem, autenticidade pode ser subjuntivo. O que pode ser autentico para mim, pode não ser para você. Exemplo: Um bar em Lisboa onde possui fotos de Elvis e música de Elvis com comida americana, não seria autêntico para mim, mas poderia ser autêntico para alguém que foi com um grupo de amigos portugueses os quais frequentam sempre o bar. Eu defino autenticidade nas minhas viagens onde estou muito longe de turistas e programas unicamente turísticos. Onde aprendo cultura, hábitos e idioma de um local.

Como ter experiências de viagens mais autênticas?

Alguns podem argumentar que a viagem autêntica é um mito, que nunca é realmente possível experimentar a verdadeira autenticidade em um lugar que é estranho para você, porque os viajantes sempre são turistas para os habitantes locais, certo? Errado!

aut1 - Viagem autêntica - O que é e onde encontrar

Eis o que você pode fazer para tornar sua viagem mais autêntica:

1) PESQUISE:

Se a real cultura local é importante para você, pesquise em blogs de viajantes que já estiveram no local, Wikitravel e guias de viagens. Lembre-se que nem sempre uma pessoa local sabe sobre a cultura de sua própria cidade!

2) CONEXÕES COM PESSOAS SÃO A CHAVE – SEJA GENUÍNO:

  • Mostre interesse real nas pessoas e na cultura local. Pergunte. Seja uma esponja e absorva o máximo que puder.

  • Encontre pontos em comum com as pessoas. Se houver uma barreira no idioma, ria e encontre outras maneiras de se comunicar. Conheça frases básicas além de Olá , por favor e obrigado, como duas cervejas, por favor, onde é o seu lugar favorito para comer? E onde podemos pegar um táxi?

  • Limite o uso de tecnologia não relacionada a viagens e esteja presente no momento. Faça uma desintoxicação digital e conte tudo sobre a experiência de aprendizado.

  • Ouça música local.

  • Sempre, sempre – coma a comida local , por mais estranha que possa parecer. Não há melhor maneira de fazer um amigo do que comer sua comida, e eles apreciarão que você tente pelo menos!

  • Fazer amigos. Aprenda os nomes das pessoas e os de seus filhos. Pergunte a eles sobre sua vida cotidiana, escola, família. Você ficará surpreso com o quanto todos temos em comum!

  • Esteja aberto para receber! Se você está procurando uma conexão mais autêntica e uma experiência significativa, seja aberto e autêntico! Qualquer pessoa pode ter uma conexão de viagem mais profunda, independentemente de quanto tempo ou dinheiro você tiver, simplesmente se abrindo para isso.

  • Finalmente, viaje devagar . Espera …OI??? o que?

3) VIAJE DEVAGAR – SLOW TRAVEL

Ao longo dos anos, aprendi mais sobre o conceito de viagem lenta e me tornei fãs de viajar dessa maneira. As viagens lentas cresceram a partir do movimento de slow food da década de 1980 na Itália, quando chefs e produtores de alimentos locais formaram um movimento contra o fast food. A ideia é que, quando você viaja, passar mais tempo em um só lugar leva a uma experiência de viagem mais profunda e autêntica . Conheça a população local, coma comida local e conheça os produtores, artesãos e agricultores por trás de tudo.

Viagens lentas são o oposto de viagens agitadas ou para as fotos do Instagram, e você não precisa de semanas ou meses para gastar. Se você tiver apenas uma semana, altere seu itinerário para incluir um ou dois lugares em vez de “ver” um país inteiro em uma semana … a menos que, é claro, esse país seja do tamanho de Belize ou San Marino.

aut3 - Viagem autêntica - O que é e onde encontrar

Quando se trata de viajar, há tantas opiniões sobre autenticidade quanto opiniões sobre como, onde e porque viajar. Você é um viajante lento ou um colecionador de países, viajando competitivamente sem realmente ver nada? Você só procura novos lugares ou volta a um lugar e mergulha um pouco mais fundo uma segunda e terceira vez?

O mesmo vale para a questão da autenticidade. Embora eu acredite que isso possa ajudar a tornar suas experiências de viagem mais gratificantes, o importante é viajar. Experimentar o estrangeiro, o desconhecido, o incomum – mesmo que seja “o habitual” em um local estrangeiro. A experiência é genuína? É verdadeiramente autêntico ou recriado para sua diversão?

No final, todos temos nossas próprias ideias e expectativas. Não deixe que a questão da autenticidade o intimide ou o impeça de ir e descobrir por si mesmo o que lhe parece certo

Adicionar um título 2 - Viagem autêntica - O que é e onde encontrar

Você também poderá gostar de:

DICAS DE SEGURANÇA PARA MULHERES QUE VIAJAM SOZINHAS

A FORMA CERTA DE VIAJAR E COMER PELO MUNDO

Cadastre-se no blog para receber atualizações:

Sem tags 0 Comentários 0

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta