Gênova e o Mediterrâneo – Parte II

Por

 

camogli 4138818 1280 300x225 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Na primeira postagem sobe Gênvoa, clique aqui para acessar, comentei sobre o Centro Histórico, Via Garibaldi e Via Balbi.

Adicionar um título 1 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Nesta postagem, mostrarei um pouco do porto antigo, a Piazza de Ferrari  e região, e a casa de Cristóvão Colombo.

Vamos conhecer mais:

  • O porto antigo de Gênova:

A área antiga do porto vem desde o período medieval até hoje, quando teve a sua zona portuária projetada em estilo moderno pelo grande arquiteto Renzo Piano, em 1992.

O que fazer no porto antigo:

Nos meses de verão, do porto antigo saem barcos de passeio com visitas guiadas para as Cinque Terre, Portofino e Camogli,

O Aquário de Gênvoa foi construído na ocasião da Expo 1992, celebrando o quinto centenário da descoberta do novo mundo por parte de Cristovão Colombo. É o maior aquário da Itália.

260158 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

acquario oceanografic - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

O Bigo é um elevador panorâmico do porto, construído em 1992, do alto se pode ver todo o porto antigo, vale a pena visitar.

O Palazzo San Giorgiodatado de 1257, já foi sede da prefeitura da cidade e hoje sede da Autoridade Portuária e parcialmente visitável. A parte do Palazzo San Giorgio que dá para o porto é  em estilo renascentista. Algumas vezes recebe eventos culturais.

DSCN0228 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

O Eataly de Gênvoa, para apreciar aqueles produtos italianos, fica bem alí no porto antigo. 🙂

DSCN0237 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Saindo da àrea portuária e indo de metrô para a Piazza de Ferrari

Piazza De Ferrari é a praça principal de Gênova . Localizado no coração da cidade – e, especialmente, no antigo distrito de Portoria-, é o centro comercial, financeira e economica, bem como sendo o principal ponto de referência  dos eventos mais importantes da vida da cidade.

A praça, em homenagem a Raffaele De Ferrari , Duque de Galliera , político e banqueiro [1] , tem uma forma irregular, devido a sucessivas intervenções urbanas, o que resultou na fusão de duas áreas contíguas, urbanístico diferenciado, como destaca diferentes estilos arquitetônicos dos edifícios. Ocupa uma área total de cerca de 11.000  m²

DSCN0153 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

O que visitar nas imediações da Piazza de Ferrari?

O Teatro San Felice 

O Teatro Carlo Felice é o principal teatro de Gênova e um dos mais famosos da Itália . Eles são mantidos a estação d ‘ Opera e Ballet e a estação Symphony , bem como recitais vários eventos e.

Desde 1991 é a sede das estações musicais de Genoa Youth Orchestra , organização sem fins lucrativos que organiza, produz e promove concertos de música de câmara desde 1912, cuja sede está localizada nas proximidades Galleria Mazzini .

O teatro está localizado logo ao lado do centro de Piazza De Ferrari , no centro da cidade, ao lado da estátua equestre de Giuseppe Garibaldi e não muito longe da fonte que é um dos marcos.

Em frente ao teatro é a estação “De Ferrari” do metro .

genova opera 1 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

O Palazzo Ducale é a casa de arte exposições, debates e conferências (organizados nas salas de afrescos do Conselho Maior e Menor) e, nos pátios e galerias, lojas e restaurantes. O edifício é gerido pela fundação “Fundação Ducale Gênova Palazzo para a Cultura” , que dividiu o espaço em múltiplas funções. Eventos podem ocorrer simultaneamente  em espaços dedicados. No interior do edifício há também a sede de muitas organizações culturais .

DSCN0165 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

DSCN0493 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Adicionar um título 1 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

A Accademia Liguistica di Belle Arti  foi fundada em 1751 , reúne a educação e funções da escola artística museu . O adjetivo ligustica vem do nome da região da Ligúria , a partir do nome original da Ligúria Antiguidade (Lygies).

Localizado no centro da Piazza De Ferrari , e rodeado por uma varanda com sombra que se estende até a vizinha Teatro Carlo Felice ,.

20160929151130 accademia ligustica genova - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

6e703c4dea5fb2971576015aa1ed8ff5cd81 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Saindo por tras do Palazzo Ducale, temos a Via San Lorenzo e a Piazza San Lorenzo onde também encontramos a Catedral San Lorenzo.

A Catedral de Gênova é um edifício religioso da cidade de Gênova, na Itália. É dedicada a São Lourenço e é a sede do arcebispado de Gênova.

A primeira igreja no sítio foi fundada entre os séculos V e VI e devotada a São Sírio, bispo de Gênova. Sobre esta foi erguida outra estrutura, mais tarde reconstruída em estilo Românico e dedicada a São Lourenço. Foi consagrada pelo papa Gelásio II em 1118. Destruída pelo fogo em 1296, foi em parte restaurada e em parte reformada, tendo sido terminada em 1312. Ao longo dos séculos XIV e XV recebeu outras decorações internas e em 1550 sua cobertura, o piso, a cúpula e a abside foram reformadas por Galeazzo Alessi. As obras terminaram no século XVII, e entre 1894 e 1900 as estruturas medievais remanescentes foram recuperadas.

Algumas fotos da Via San Lorenzo, Piazza San Lorenzo e Catedral.

DSCN0189 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

DSCN0208 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Subindo a Via San Lorenzo, encontramos a Porta Soprana e a casa de Cristóvão Colombo.

O Gates, ou Portão de St. Andrew (em Ligúria Porta de Sant’Andria ) foi uma das entradas da cidade de Gênova . Entre as principais arquiteturas medieval de pedra da capital da Ligúria, está situado no topo do Plano de Sant’Andrea (não muito longe do monte, nivelado ao início do século XX ), de onde tira o seu nome (o nome Gates, é vez uma corrupção de Superana : a porta foi assim chamado porque ele foi levantada acima do plano da cidade).

DSCN0477 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

E a casa de Cristóvão Colombo.

DSCN0479 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

DSCN0478 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Espero que tenham gostado desse passeio por Gênova.

Clique aqui para ler sobre Boccadasse

Adicionar um título 1 - Gênova e o Mediterrâneo - Parte II

Cadastre-se no blog para receber atualizações:

Sem comentários ainda

Deixe uma resposta