Antônio Prado – A cidade mais italiana do Brasil

O que fazer em Antonio Prado

Veja o que fazer na cidade mais italiana do Brasil: Antônio Prado. Esquecida por grande parte dos turistas.

Vamos ver nesse post um pouco da história do local, o que ver e onde comer.

HISTÓRIA

Antônio Prado foi a sexta e última das chamadas “antigas colônias da imigração italiana”, e foi fundada em maio de 1886. A partir daí, criada a nova colônia, começaram a ser destinadas verbas públicas para abertura de estradas, construção de balsas, medição de terras, construção de barracões, transporte e acolhimento dos colonos. Apesar dos importantes acontecimentos políticos pelos quais o país passava, como a proclamação da República e a Revolução Federalista em 1893, não houve interferência no processo de implantação de imigrantes em terras devolutas e cobertas de matas da Serra do Rio das Antas.

A revolução de 1893, agitando violentamente quase todos os recantos do estado, pouco podia interferir numa colônia recém-fundada, alcandorada entre paredões, sem estradas, animais de transporte e sem outros recursos econômicos, humanos e financeiros. Deixando de lado as agitações políticas que abalavam o país, a inspetoria e as comissões de medição de lotes e as de terras e colonização, prosseguiram seu patriótico trabalho de estabelecer mais de mil famílias no território do atual município de Antônio Prado.

O nome da cidade foi dado em homenagem a Antônio da Silva Prado, fazendeiro paulista que como Ministro da Agricultura da época, promoveu a vinda dos imigrantes italianos ao Brasil, e instalou núcleos coloniais no Rio Grande do Sul.

O QUE VER / FAZER
CENTRO HISTÓRICO

A parte principal da cidade está aqui. São mais ou menos 48 prédios tombados e todos no melhor estilo italiano colonial. As áreas mais íntegras são o quadrilátero que envolve a Praça Garibaldi, que mantém sua configuração original quase inteiramente intacta, onde estão a Igreja Matriz, a Prefeitura e a avenida Valdomiro Bocchese, com vários trechos originais contínuos e muitos exemplares isolados. É o maior acervo arquitetônico em área urbana referente à Imigração Italiana no Brasil.

Para informações mais detalhadas sobre cada imóvel acesse aqui.

PRAÇA GARIBALDI

A Praça Garibaldi fica localizada no coração da cidade, ao redor dela estão os prédios históricos, como a Igreja Matriz, a Prefeitura e as casas tombadas pelo IPHAM. Esta praça homenageia Giuseppe Garibaldi, herói da Revolução Farroupilha e da Unificação da Itália.

ESCADARIAS DA FÉ

Duas escadarias ligam o Centro Histórico às proximidades da Gruta Natural. A cada patamar dos degraus um belo visual da cidade pode ser observado, assim como os 25 capitéis que lá estão e simbolizam a devoção religiosa da comunidade pradense.

E haja fõlego!

Endereço – R. dos Imigrantes, 178-292 – Centro

GRUTA NATURAL NOSSA SENHORA DE LOURDES

Gruta Natural Localizada a, aproximadamente, 1 km do centro da cidade, acolhe a imagem de Nossa Senhora de Lourdes desde a década de 30. padroeira da cidade.

Endereço: Entre a Avenida dos Imigrantes e a rua Vicente Palombini.

MOINHO DO NORDESTE

A Casa Nordeste (Meyer) foi construída entre 1919 e 1920 e atualmente abriga a Estação do Trigo, um espaço diferenciado que conta com showroom, cozinha experimental, centro de treinamento e um memorial da Nordeste Alimentos. A visita acontece sob agendamento e propicia conhecer o processo de industrialização da produção de derivados do trigo por meio da historia da empresa.

O agendamento para visitação pode ser feito pelo telefone (54)3293-4600 (mínimo de 5 pessoas).

IGREJA MATRIZ

A primeira construção da Igreja Matriz em alvenaria, ocorreu de 1891 a 1897. Quatorze anos depois chegaram três sinos puxados de carretas: o maior pesa 890 quilos e o menos 464. Em 1912 foi erguido ao lado direito da igreja um campanário em madeira para abrigá-los. A igreja foi reformada entre 1925 e 1928, ganhando novos vitrais e as escadarias que permanecem até hoje. O seu interior é rico em detalhes, destacando-se as pinturas do teto feitas pelo italiano Emilio Benvenutto Zanon na década de 50. A construção também impressiona pela semelhança com o Santuario di Monte Bérico em Vicenza, na Itália.

CASA DEL TORO

Na Casa Del Toro o consumidor pode encontrar Whisky, vodcas, vinhos, cervejas, espumantes e cervejas artesanais, nacionais e importados. Para alimentação carnes exóticas como de pato, marreco, cordeiro, vitela, cortes nobres de carne bovina, filés de peixes, queijos e frios, especiarias de pimenta e produtos gourmet.  

O espaço conta com uma aconchegante adega, projetada especialmente para proporcionar a melhor experiencia na degustação dos produtos.

Endereço: Av. Waldomiro Bocchese, 574

CASA DA NENI

Construída em 1910, a casa de madeira abrigava na parte térrea uma ourivesaria e, no andar superior, a moradia da família de Antônio Bocchese. Com o falecimento de Antônio, a ourivesaria virou uma lojinha onde sua filha Joana Magdalena Bocchese (conhecida como Neni) vendia artigos variados. Foi a primeira casa a ser tombada, e está inscrita no livro tombo de Belas Artes. A Casa da Neni é para a comunidade e visitantes o símbolo do Patrimônio Histórico de Antônio Prado. Atualmente abriga a Central de Informações ao Turista e o Museu Municipal, onde objetos e peças ambientados aos cômodos da casa preservam e contam o modo de viver das famílias e a história da formação do Município. Em 1995, a casa serviu também como cenário para o filme “O Quatrilho”, juntamente com outras casas desta mesma rua.

Infelizmente é proibido tirar fotos e a pessoa que estava atendendo, absolutamente nada prestativo. Mais preocupado em ouvir música no celular. Pena. Quem sabe vocês tenham melhor sorte.

Endereço:  R. Luísa Bochese, 34 – Centro

CASA DO ARTESÃO

O artesanato local conta com inúmeros artefatos, entre eles o crochê, o macramé, a bainha aberta e principalmente o frivoletê – técnica extinta em muitos lugares. Fetos por senhoras, são produzidas peças únicas e de rara beleza. Alí você encontra também objetos em palha de trigo e milho, geleias, bolachas, vinho e lembranças.

Endereço: R. Luísa Bochese, 80 – Centro

PÓRTICO DE ENTRADA

O Pórtico de Entrada retrata a hospitalidade da comunidade pradense, construído em pedra e madeira e decorado com lambrequíns.

A definição do modelo do pórtico aconteceu por meio de consulta popular. Foram três modelos desenhados e a comunidade votou na opção de modelo a ser construído.

Endereço:  R. Sete de Setembro, s/n 

LINHA 21 DE ABRIL

O roteiro oferece passeios pela área rural da cidade mais italiana do Brasil, revelando os encantos que a colônia oferece: cultivo agroecológico, produção de vinhos, opções de lazer e gastronomia diferenciada, além de belas paisagens do interior. O roteiro realiza atendimento perante agendamento. SITE

Atualmente a Linha 21 de Abril é um distrito de Antônio Prado, mas até os anos 80, a linha era a principal saída para quem quisesse ir em direção a Flores da Cunha e Caxias do Sul. Durante este período o local tinha um grande número de empreendimentos, podendo ser considerado uma extensão do centro da cidade. Nessa estrada você encontra lindas paisagens e na área central da comunidade pode-se fazer uma viagem ao tempo através da nostalgia dos antigos casarões. O local permite visitas ao Moinho Francescatto, Ferraria do Marsílio, Santuário Madonna Di Monte Bérico, Cave do Imperador, aos Doces Dona Margarida, Orgânicos Pontel, Orgânicos Pérola da Terra, Nostra Cantina, Bio Therapy, Canto do Encantador, Vinícola Zanella e outros..

VINÍCOLAS

Cave Casa do Imperador, Vinhos Primo Fior, Vinícola Casa Olivo

EVENTOS

Noite Italiana – Tudo surgiu em uma Convenção Nacional da CDL na capital gaúcha, onde os dois casais participantes se surpreenderam com o coquetel de encerramento que continha barricas de vinhos e farta comida típica italiana. Na volta da Convenção reuniram os membros da diretoria executiva da CDL e propuseram a criação da Noite Italiana. Foi ai que começou uma jornada de sucesso. Acontece em agosto. SITE.

Fenamassa – A Fenamassa é um Festival Gastronômico, bienal, com entrada franca, que serve os mais variados tipos de massas, que vão de desde a culinária típica da imigração italiana complementada pela cultura local, até a culinária contemporânea. SITE.

Foto: Fenamassa
ONDE COMER

A cidade conta com bons e variados locais para comer. Alguns deles:

Buon Appetito – Pizzas, buffet de comida caseira e típica italiana – Av. Valdomiro Bocchese, 357

Dolce Vita Café – Cardápio e serviços: Doces e salgados, cafés aromáticos e chocolate – Rua: Francisco Marcantônio, 13.

O Porão – Cardápio e serviços: Ala Carte, almoço italiano, lanches, pizzas, xis, filés, peixes – Av. Valdomiro Bocchese, 681.

Scolaro – Cardápio e serviços: Buffet, grelhados, cardápio típico italiano (aos sábados)- Rua Waldemar M. Grazziotin, 374

Olivo – Bistrô localizado no centro histórico de Antônio Prado RS, com farta gastronomia e vinhos finos da Adega Olivo Ditadi oriundos do vinhedos cultivados há 1033 metros de altitude nos Campos de Cima da Serra.

O que serve: Adega e restaurante. Pratos a la carte e pizza.

Rua Luiza Bocchese, 68, Centro. Em frente a Praça Garibaldi.

ONDE DORMIR

Hotel Pradense e Pousada Colonial De Rossi.

Você também poderá hospedar-se em Caxias do Sul. Veja com o parceiro Booking:



Booking.com

Assista ao vídeo com algumas imagens de Antônio Prado:

Você também poderá gostar de:

25 COISAS PARA FAZER EM CAXIAS DO SUL

Deixe seu comentário

error: Conteúdo protegido !!
Rolar para cima