Carne de onça em Curitiba!

Calma!!

Ninguém caça onças e nem mandam matar..

O prato carne de onça é a típica comida de boteco em Curitiba, desde os anos 50.

Ninguém sabe ao certo a origem do nome do prato que, na verdade, é feito de carne bovina.

Alguns comentam que ficou esse nome porque o bafo de onça, após comer  tal iguaria preparada com carne crua..isso!! carne crua!! , cebola e temperos ficava ……MUITO BOM!! 🙂

Assista ao vídeo, copie a receita e veja os bares em Curitiba eleitos como melhores locais para se comer a tal carne de onça com chopp!!

Vamos à receita:

Ingredientes (para 4 pessoas)

  • 1 quilo de carne moída de primeira (patinho, bem limpo, sem nenhuma gordura ou nervo, passado no moedor do açougue duas vezes).
  • 2 cebolas (bem picadas)
  • 1 maço de cheiro-verde (cebolinha e salsinha, bem picadinho)
  • Sal
  • Pimenta-do-reino
  • Azeite de Oliva
  • 2 Limões
  • 2 Gemas de Ovos (cruas)
  • Tabasco
  • Uma broa úmida (pão preto de centeio, fatiada na padaria, panificadora…a melhor que encontrar, que sempre serão mais saborosas do que a maioria destes pães pretos que se vendem nos supermercados).

Modo de preparar

Se possível, compre a carne (patinho ou posta vermelha) no açougue, pouco antes de preparar – quanto mais fresca, melhor. Se ficar na geladeira, perde um pouco de sabor, mas, neste caso, tire da geladeira uns 40 minutos antes de iniciar a preparação, para ficar na temperatura ambiente. Deixe numa vasilha coberta, com um pano de prato limpo.

Vamos lá!

Coloque as fatias de broa (pão preto) numa travessa grande.

Coloque uma colher bem cheia de carne moída (ou mais de uma) sobre a fatia de broa.

Polvilhe sal e pimenta do reino, mais umas gotas de pimenta vermelha (só um pouco).

Sobre a carne temperada, pingue algumas gotas de limão (qualquer um, mas se tiver um do tipo siciliano, daqueles amarelos, use – são deliciosos).

Agora, com uma colher de sobremesa, cubra a carne com um pouco de gema de ovos, crua. Se preferir, pode não usar (mas é bom).

O próximo passo é colocar sobre a carne uma generosa porção de cheiro verde picado, seguida das cebolas bem picadas.

Mais sal e pimenta do reino – e uma regada generosa com o melhor azeite de oliva que você puder comprar. Azeite ruim danifica o paladar.

Voilá! Corte a fatia na em dois triângulos, ou na transversal, com uma faca grande e muito afiada – e é só servir, com uma cervejinha bem gelada. Poder ser com vinho, mas como é um prato bem salgado, creio que a cerveja casa melhor.

Dica Importante

Não prepare a Carne de Onça na cozinha, nem com antecedência, porque a broa vai umedecer e ficar mole (perde a graça).

O grande charme é colocar todos os ingrediente à mesa, ou no balcão do bar (se você tiver um em casa) ou no da churrasqueira, e ensinar todo mundo a preparar a sua própria Carne de Onça. Dá água na boca…

Você pode preparar a primeira “pratada”, para mostrar como é expert, e depois incentiva todos a preparar a Carne de Onça em seu prato.

Este tempo de preparação e manuseio dos ingredientes e tempero estimula a salivação de forma incrível (eu estou salivando, creiam, enquanto escrevo estas linhas!). E ai fica muito, muito mais gostoso.

É bom demais!

Importante: Cuide com carinho, sempre, da procedência da carne. Nunca compre carne já moída há algum tempo. Exija uns bons pedaços de patinho ou de posta vermelha, peça para limpar bem, 100%, dizendo que é para fazer um prato muito especial, com carne crua. Moa na hora. Seu bom amigo açougueiro caprichará, para você. Se der, compre a carne uma hora antes de comer.

OS 3 LOCAIS MAIS INDICADOS PARA COMER CARNE DE ONÇA EM CURITIBA

  1. Mercearia Fantinato –  Rua Mateus Leme 2.553, esquina Albano Reis. Aberto das 11h às 2h da manhã. Facebook
  2. Jabuti Bar – Rua Prof. Assis Gonçalves, 1506, Ãgua Verde. Esquina Rua Goiás. Aberto das 17h à 1h. Site
  3. Barbaran –  Alameda Augusto Stellfeld, 799. Aberto das 16h às 24h. Facebook

Então, jã experimentou carne de onça? O que achou?

Coloque sua opinião nos comentários abaixo.

Conheça também a TOUR DE COMIDA DE BOTECO EM CURITIBA

Gostou do que leu? Cadastre-se para receber atualizações do blog gratuitamente:

 

 

Erro: Formulário de contato não encontrado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

85 − = 76

Rolar para cima
Rolar para cima