O Outro Lado de Buenos Aires – CABALLITO

Caballito Buenos Aires

Todo brasileiro que se preze quando vai a Buenos Aires, decide visitar sempre os mesmos locais. Recoleta, Puerto Madero, Centro, Calle Florida, San Telmo e, alguns poucos, Palermo.

Não que esses locais não sejam legais mas, visto uma vez, basta.

Para quem não tem interesse em compras, shows de tango, filas, restaurantes para turistas e turistas, segue para outro lado.

Na minha segunda viagem a BAires, depois de 5 dias, já queria tomar outros rumos. Algo como desbravar a cidade e não ver turistas na minha frente. Em Buenos Aires é meio difícil , não é? Não. Não é..fácil, fácil ficar livre de turistas, basta visitar alguns locais em que os porteños frequentam. E foi Isso que fiz. Perguntei até para o porteiro do prédio onde poderia comer um “asado” LONGE de turistas. Foi aí que fui aos poucos descobrindo outros bairros da cidade, não tanto, ou nada turísticos.

Começando uma série de postagens sobre bairros de Buenos Aires, começo pelo chamado CABALLITO

O nome Caballito surgiu em 1824 por causa de uma pulpería (taberna) chamada Pulpería del Caballito, que tinha um cata-vento com a silhueta de um cavalo. Esse cata-vento ainda pode ser visto exposto no Museo Histórico Nacional da Argentina..

Bairro cult, cheio de estudantes, professores, poetas e filósofos ocupando as mesas e os bancos dos cafés e praças de Caballito.

Local também da Universidade de Buenos Aires.

LOCALIZAÇÃO:

caballito

COMO CHEGAR:

Pelo  bairro passam a Linha Sarmiento ( estação Caballito ), a Linha A de  metrô (estações de Rio de Janeiro , Acoyte , Primera Junta e Puan ), a Linha  E (estação Avenida La Plata e José Maria Moreno ) e numerosas linhas de da coletivos como 2,8, 86, 103.. .

caballito_metro

ANDANDO PELO BAIRRO – O QUE FAZER:

  • Fazer compras no Mercado Del Progreso:

Caminha por esse mercado é como voltar ao passado. Construído originalmente em 1889 e terminado com seu telhado art deco em 1930, até hoje continua o mesmo estilo.

Os stands são de propriedade de famílias que vendem tanto produtos de locais quanto criados/ feitos pela própria família. Frutas, vegetais, legumes, peixes, carnes e etc..

Dê uma passada por lá, tome um café e vá às compras.

Horário: De segunda a sábado das 7:30 às 14:00 e das 17:00 às 20:30. Domingo fechado.

Mercado del Progreso, Av. Rivadavia 5430, Buenos Aires, Argentina

progreso

progreso-3

progreso2

  • Tome uma cerveja no The Oldest

Um resto bar que serve, cafés, cervejas, tragos, tapas em um ambiente pra lá de animado.

Boa pedida após aquele dia caminhando pelo bairro!

The Oldest, Juan B. Ambrosetti 31, Buenos Aires, Argentina 

the-oldest

  • Visite a feira do Parque Rivadavia

Além de ser um ótimo local para caminhar, sentar na grama e tomar um mate, é também um parque que tem uma feira que  coloca à venda livros e LPs antigos.  Vale conferir.

Parque Rivadia, Av. Rivadavia 4800, Buenos Aires, 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

rivadavia

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

  • Admirar o Barrio Inglés

Local de mansões históricas com estilo Fin de Siècle.

Ande pelo bairro e admire a arquitetura.

barrio-ingles-buenos-aires-1

  • Tramway Histórico de Buenos Aires

É um museu de tranvías (ou trams) inaugurado em 1980 pela Asociación Amigos del Tranvía. Os tranvías partem da esquina da Emílio Mitre com a José Bonifacio e percorrem um trajeto de 2km. Esse serviço é gratuito e só funciona nos fins de semana e feriados.
Horários: sábados, domingos e feriados à tarde, das 17h às 20h30; domingos pela manhã, das 10h às 13h30.

tranvia

Um vídeo sobre a arquitetura do bairro CABALLITO:

E você..Já visitou o bairro Caballito? Gostou? Há algum local para indicar? Escreva nos comentários!

Argentina

Cadastre-se no blog para receber atualizações:

    Deixe seu comentário

    error: Conteúdo protegido !!
    Rolar para cima